Quarta-feira, 14 de Março de 2007
Aqueilha cautiba...

No final de l seclo XIX, l mirandês bibiu ua de las eras mais anteressantes, cun muita giente a anteressar-se por el. Un deilhes fui Manuol Sardina que traduziu alguns testos. Deixo-bos hoije la traduçon d'un poema de Luis de Camões, eiditado an 1893 no lhibro de Xavier da Cunha, Pretidão de amor. Endechas de Camões a Barbara escrava seguidas da respectiva traducção em várias linguas, Lisboa, Imprensa Nacional. L'ourtografie ye la mesma de la publicaçon, indas que fazendo alguas adaptaçones por deficuldades de l computador.

Aqueilha cautiva

Que me tem cautivo

Porque ‘n eilha vivo,

Ya num quier que viva.

You nunca vi rosa

Am ramos macius

Q’a uolhos mius

Fusse tam fermosa.

 

Nim no campo flores

Nim no cielo streilhas

Veio you pareilhas

Cum los mius amores.

Rostro singular!

Uolhos sossegadps,

Negros e cansados,

Mas nó de matar!

 

Ua gracia viva

Que ‘n eilhes le mora,

Para ser senhora

De quiêm yê cautiva!

Pello negro, ondeoso,

Cumparado al qual

Êl louro, afinal,

Yê menos fermoso!

 

Negrura d’amor…

Tam doce onde hay clara?

La niêve trocára

Cu’eilha la color!

Alegre e mansa, oh!

Mas grave, ua hourí,

Ves-la stranha sí,

Mas… bárbara nó!

 

Suo presencia mansa

Tromentas serena:

Toda la mie pena

‘N eilha emfim descansa.

Esta la cautiva

Que me tem cautivo:

E, pues ‘n eilha vivo,

Yê fuorça que viva.

 



Scrito por António Bárbolo Alves às 16:52
Link de l post | Comentar | Acrecentar als faboritos
|

1 comentário:
De pauliteiros a 18 de Março de 2007 às 20:06
Parabéns, mais uma boa iniciativa em torno da língua mirandesa!!
Força com isso!!

Infelizmente, não sei escrever mirandês, por isso tive lá tive que utilizar o português!

Pauliteiros de Miranda do Douro


Comentar post


Saber neste blog
 
Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14
15

17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Últimos posts

Outro blogue

L sabor de las palabras

L cura i la criada

L nino Jasus de la Cartol...

L problema de las lhéngua...

L sermon (ua cunta)

Alguas nomeadas

Quadras populares

Folhetos

L populismo i l pobo

Arquibos

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds